ALMA

 

Jesus declarou: “Creia em mim, mulher: está próxima a hora em que vocês não adorarão o Pai nem neste monte, nem em Jerusalém. Vocês, samaritanos, adoram o que não conhecem; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus. No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. (João 4:21-24)

Adoração é um ritual que praticamos na Igreja ou em outro lugar onde nos reunimos. Poderemos adorar com mãos levantadas, de joelho, em pé…

Mas também poderemos fazer tudo isso e não adorar, porque a adoração não é de fora para dentro e sim de dentro para fora, a adoração nos envolve!

A adoração é espontânea, é rendição! É exaltar a Deus é reconhecer nossa total dependência dEle. É nos prostramos em humildade perante sua face.

A adoração verdadeira acontece quando o nosso espírito entra em contato, em harmonia e comunhão com o Espirito de Deus, e consequentemente, nosso lado humano, carnal, pecaminoso se recolhe e silencia.

O crente salvo, piedoso e santo, que experimentou o novo nascimento na pessoa bendita de Jesus Cristo, consegue fazer isso com naturalidade e com enorme prazer.

Oh Deus, ache em nós estes verdadeiros adoradores, que te adoram em espirito e em verdade! Amém.

pastor joao
João Alves Neves – Pastor e presidente da IBPS